Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Blog

O budismo…

25.02.2015 por Carito

O budismo a que sirvo
Veio em forma
De rock progressivo.

Carito

0 Comente

Atualizando o blog

23.02.2015 por Carito

Houve um tempo em que eu vinha aqui quase todos os dias, postar poemas, videos, falar sobre a vida cultural da cidade, acontecimentos que me t(r)ocam, sobre minha vida (coisas que eu acho “pessoal e transferível”)… Ou como canta Zé Ramalho: “devaneios tolos a me torturar”…

Pois bem, eis que essa história de redes sociais se ampliou de um jeito que ficou difícil dar conta de tudo e ainda viver a vida real. Daí que fui vindo menos, cada vez mais menos, e às vezes mais ou menos. E sei lá porque motivo fui meio que abduzido pelo facebook, embora que digam que o twitter é mais inteligente e mais cult. Um dia volto ao twitter, lugar onde nunca estive muito mesmo, pois em qualquer lugar no fundo estou a esmo e com mais de não sei quantos caracteres, embora adore poemas curtos, hai kais e que tais…

Faço o maior arrodeio só pra ficar tonto e como sei que post grande é um saco e ninguém lê, vou fazer logo um brain storm de alguns recortes:

  • Andei e ando mesmo imerso nos trampos da Praieira Filmes, e quem quiser sacar os últimos filmes, é só acessar o canal no vimeo: https://vimeo.com/praieirafilmes
  • E tá num forno um curta experimental com César Ferrario e muita gente legal na equipe – olha aqui o cartaz (o lançamento vai ser em março em um evento sobre Cinema, na UFRN, divulgarei aqui):

  • Também estou envolvido em um doc sobre o Som da Mata, e uma ficção (falso doc feito a seis mãos com Fernandinho Suassuna – autor do roteiro e do convite para a minha participação – e Eli Santos).
  • Dia 12 de março tem o relançamento do meu livro “Atestado de Órbita”, junto com o lançamento do livro de Marcelo de Cristo (que tive a honra de fazer a apresentação), do segundo livro de Regina Azevedo e… Acho que vai rolar mais coisa, depois divulgo melhor. Mais uma empreitada dos Jovens Escribas estando à frente Carlos Fialho, que já anuncia também o projeto AÇÃO LEITURA 2015.
  • Meu segundo livro está em processo de manufatura em parceria com o amigo e artista plástico Flávio Freitas que fará as ilustrações.
  • E por falar em poesia, o poeta e artista plástico Anchieta Rolim acaba de publicar um livro virtual no qual faço parte. Ficou muito bacana! Eis o link para o livro: http://goo.gl/eWFUJx
  • Finalizando aqui esse post com alguns poemas que escolhi de uma galera massa que criou um grupo lá no face (Espaço des-tinado: há poesia!) onde de vez em quando vou lá para me renovar e me contaminar de liberdade, cantando Belchior: “o novo sempre vem”:

 

Dos seus

olhos

saí toda

arranhada.

(Amanda Dantas)

*

nasceu uma flor
na minha calçada
todos que passavam
se perguntavam
onde já se viu flor
florir no concreto?

imagina se soubessem
das flores no meu teto.

(Jane Gomes)

*

Ando
de vagar
por que já te vi pressa.

(Igor Barboà)

*

Fui ao meu ponto de ônibus
Esperar o D.
E no churrasquinho mais próximo
Pedi um de coração:
Lamentei
que nenhum daqueles 5
espetados
Não tinha o dela
no palito enfiado.

(Ana Mendes)

*

poesia:
dar um passo
maior que a pena.

(Adaécio Lopes)

*

por entre minhas pernas
tenho trilhos, vem e vai o trem
e a cidade que pinica no olho
mora renteando e cruzando
caos no ápice de meu corpo numerado.
eu já quis umas rumas desse tico
hoje tô querendo ser gabiru ou barata
ou desfigurar minha cara
ou vestir a carapuça do juízo.
eu já fiz um café de banhar meus absurdos
e hoje tô é arrematada no grito do ontem
aí me deixo, me desço e não rumo pra lá, pro sono
e nem por sonhos eu durmo!
eu sinto uns bocejos nas minhas raízes
e me amoleço para inventar algo de paz
vou já já mentir para bocejar mais
para cansar mais
para não dar para trás, zureta
me cubro de fumaça
me trago para deitar
sabido que dormir é pausa
que é na cena um corte
que tem muito do rastro
e do bafo
da morte.

(Priscilla Fernandes)

2 Comentários

Muita história pra contar

22.01.2015 por Carito

Muita história pra contar
Minha camiseta
Toda sussurrada.

Carito

1 Comentário

O viço…

21.01.2015 por Carito

O viço
O vício
O verso
É só isso que eu te peço.

Carito

0 Comente

Ah! Vida adulta!

08.07.2014 por Carito

Ah! Vida adulta!
Nunca achei que fosse fácil
Só não pensei que fosse fóssil!

Carito

0 Comente

No meu coração…

02.07.2014 por Carito

No meu coração
Se não tudo sinto
Quando lamento
Lá minto.

Carito

0 Comente

“Buenas Brasil”

15.06.2014 por Carito

Com muito orgulho posto aqui o videoclipe da cantora mexicana Natalia Lafourcade, o qual tive a honra de fazer a direção, e minha amiga Keila Sena a produção local. O clipe faz parte da série da HBO “Encuentros en Brasil”.

0 Comente

AS FRANCESINHAS

12.06.2014 por Carito

Quando eu era adolescente, as francesinhas eram um sonho. E eram a minha salvação. As francesinhas dos filmes de Godard a me dar com a mão. Brigitte Bardot pra curar minha dor no banheiro, Catherine Deneuve e de novo, quantas vezes Catherine! Elas faziam um caminho em verso! Agora elas fazem um caminho inverso: entram no banheiro pelo ralo, pela pia, e também pela cozinha. Eram o maior barato e agora são as menores baratas, essas francesinhas – dos filmes de amor aos filmes de terror!

Carito

0 Comente

Ontem o vento inventou…

03.06.2014 por Carito

Ontem o vento inventou
De me arrastar uma asa
Virei brisa
Depois virei brasa.

Carito

0 Comente

o rio brinca…

29.05.2014 por Carito

o rio brinca
de foz
de conta.

carito

0 Comente

Feed RSS

Arquivos

Leia também

  1. Adriana Karnal – Poemas
  2. Ailton Medeiros
  3. Alex Medeiros
  4. Alice Ruiz
  5. ananomundo
  6. Antonio Cicero
  7. Antonio Miranda
  8. Arnaldo Antunes
  9. Arnaldo Baptista
  10. Arrigo Barnabé
  11. Arthur Nestrovski
  12. As palavras têm sabor
  13. Atire no Dramaturgo
  14. Aventuras do Hammer
  15. Balaio Porreta 1986
  16. Bar do Bardo
  17. Bicho Esquisito
  18. Bloco de Notas
  19. Blog de Bordo
  20. Bruna Beber
  21. Cabelos de Sansão
  22. Caminhar
  23. Canto de Página
  24. Carla Bruttini
  25. Carlos Reichenbach
  26. Casa das Musas
  27. Cefas Carvalho
  28. Cep 20.000
  29. Chacal
  30. Climerio Ferreira
  31. Contracampo
  32. Coquetel Molotov
  33. Cosmunicando
  34. Cronópios
  35. Da lama ao caos
  36. Descobertura
  37. Diário do Tempo
  38. diariodoimproviso
  39. Digestivo Cultural
  40. Disruptores
  41. Dissonancia
  42. DoSol
  43. E, Terna Luz
  44. Edu Gomez
  45. Ellenismos
  46. Em Palavras
  47. Escritoras Suicidas
  48. Escritos de Ada
  49. Escritos de Alice N.
  50. Escrituras Sangradas
  51. Espelunca
  52. Esto no es una revista
  53. EU VOU!
  54. ex-Socialistas, ex-Sociólogos, ex-Sociopatas
  55. Fabrício Carpinejar
  56. Férias no inferno
  57. Fernando Catatau
  58. FFF
  59. Flávio Freitas
  60. Flor de Craibeira
  61. Franklin Jorge
  62. Frederico Barbosa
  63. Gabriel Novaes
  64. Grande Ponto
  65. Grupo Casarão de Poesia
  66. I Poeti Nomadi
  67. Jorge Mautner
  68. Lado (R)
  69. Lama Fértil
  70. Leonardo Sodré
  71. Loba
  72. Lume Filmes
  73. Luz de Luma
  74. Macário Campos
  75. Mad Dogs
  76. Marcelo Rubens Paiva
  77. Mário Ivo
  78. Maternidade do Texto
  79. Metamorfraseando
  80. Mudernage
  81. Mundo Fantasmo
  82. Museu de Tudo
  83. MUSEU VIRTUAL ABRAHAM PALATNIK
  84. Musica Potiguar Brasileira
  85. Nalva Melo Café Salão
  86. NaReDe.com/Civone
  87. Nariz de defunto
  88. Nicolas Behr
  89. O Carapuceiro
  90. O Fiasco
  91. O Inimigo
  92. o refúgio – sandra camurça
  93. O Teorema da Feira
  94. Obra-Total
  95. Os Poetas Elétricos
  96. Pablo Capistrano
  97. Paraíso Perdido
  98. Parece que foi assim
  99. Péricles Cavalcanti
  100. Plog
  101. Poema/Processo 1967
  102. poesia concreta
  103. Poesia Sim
  104. Poetas azuis paixões vermelhas amores amarelos – Blog de Jóis Alberto
  105. Poni Micharvegas
  106. Portal Rock Potiguar
  107. Potiguarando
  108. Putas Resolutas
  109. Querido Bunker
  110. Rede Potiguar de Música
  111. Revista Catorze
  112. Rita Machado
  113. Romério Rômulo
  114. Sebo Vermelho
  115. Senhor F
  116. SIBILA
  117. Simona Talma
  118. Suave Coisa
  119. Substantivo Plural
  120. Tanto Mar
  121. território potiguar
  122. Toca do Centauro
  123. Todas as palavras merecem um lugar
  124. Tom Zé
  125. Torquato Neto
  126. Uma Casa em Beirute
  127. uma historia à margem
  128. Umas & Outras
  129. UNS & UNHAS
  130. Vanessa Campos Rocha
  131. Versos deLírios
  132. Versos Poti
  133. Virada num Traque
  134. Viviane Mosé
  135. Vocabulário da Raça
  136. Zumbi escutando blues
  1. blog
  2. biografia
  3. modus vivendi
  4. os poetas elétricos
  5. vídeos
  6. na mídia
  7. contato

© Copyright 2010 design by DZ3. Todos os direitos reservados.